terça-feira, 10 de agosto de 2010

Michael Jackson e Diana Ross


Michael Jackson surpreendeu ao nomear, em seu testamento de 2002-mas divulgado após sua morte-, a cantora Diana Ross como sucessora da mãe dele, Katherine, na guarda de seus três filhos. A amizade dos dois vem de muito tempo, há aproximandamente 40 anos de amizade. Diana, hoje com 65 anos, e se apresentava com seus irmãos no Jackson Five. Ela era da mesma gravadora Motown.
Quando eles assinaram com a gravadora, os irmãos tiveram que se mudar de Gary para Los Angeles, novo endereço da empresa, após anos em Detroit. Durante um ano e meio, até que os Jackson se instalassem definitivamente, Michael viveu na casa de Diana Ross. As constantes agressões de seu pai, Joe Jackson, também motivaram a mudança. Com o tempo a cantora virou para o Rei do Pop uma mistura de irmã e mãe e também sua primeira paixão, Michael nunca teve vergonha de assumir que tinha uma paixonite pré-adolescente pela cantora. Ele confidenciava a Diana seus segredos mais íntimos. Anos mais tarde, na autobiografia "Moonwalker", o cantor confessou que sentiu muito ciúme quando Diana lhe contou que iria se casar.


Michael e Diana trabalharam juntos no filme "The Wiz", musical baseado no clásico "O Mágico de Oz" e durante a gravação da música do projeto beneficiente "We Are The World", que reuniu muitos astros da música mundial.
Diana está tão abalada com a morte de Michael que até hoje não comentou a morte de seu pupilo, ocorrida a um ano atrás

O Que Passou Por Aqui !

Saraiva