terça-feira, 16 de novembro de 2010

Will.I.Am desaprova novo e póstumo álbum de Michael Jackson

O cantor insiste que Michael Jackson nunca deixaria que o álbum fosse editado da maneira que a Sony está a planear

will.i.am desaprova o lançamento por parte da Sony do póstumo e novo álbum de Michael Jackson, Michael. Segundo a NME, o cantor explicou que Jackson nunca aprovaria também.

O músico, membro dos Black Eyed Peas, colaborou com o rei da pop no material do registo e afirma que é tudo uma falta de respeito por parte da editora que insiste em lançá-lo para o mercado:

Quero ver quão frio é quem for que ponha isto cá fora e que lucre com isso. Para mim é uma falta de respeito. Não há consideração.

O cantor continuou o seu discurso de desaprovação:

As canções de Michael Jackson estão acabadas quando o Michael diz que estão. Talvez se eu não trabalhasse com ele não tivesse esta maneira de ver. Ele era particular no que tocava ao modo como ele queria as vozes - controlava tudo.

A Sony, por sua vez, já negou a acusação dos membros da família do cantor que diziam também que as vozes gravadas no álbum seriam de alguém que estava a imitar Michael Jackson.

Segundo o site oficial, o registo, Michael, chega às lojas no dia 14 de Dezembro e conta com colaborações de 50 Cent, Lenny Kravitz e Akon. Este tem a assinatura da Epic Records e do espólio de Michael Jackson. O álbum contém dez faixas produzidas por um grupo de profissionais que trabalharam com o cantor.

O Que Passou Por Aqui !

Saraiva