quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Quincy Jones critica edição de álbum póstumo de Michael Jackson

Produtor foi homenageado no início deste mês com o lançamento do disco Q: Soul Bossa Nostra

Quincy Jones está revoltado e não se inibe de criticar o lançamento do novo álbum póstumo de Michael Jackson.

Parece que estão todos a querer lançar tudo o que podem dele [Michael Jackson]. É só para ganhar dinheiro. Ele não ia gostar que as coisas fossem lançadas desta forma. Parece que estão a tentar arrecadar a maior soma de dinheiro possível. Não vejo outro motivo, disse o produtor, numa entrevista concedida à revista US Weekly.

Recordando o lado perfeccionista do Rei da Pop, o produtor não tem dúvidas em afirmar que Michael Jackson não iria querer lançar os temas inéditos sem os seus toques finais.

Quincy Jones foi também homenageado no início deste mês com o lançamento do álbum Q: Soul Bossa Nostra, que conta com a participação de Amy Winehouse, Usher, LL Cool J, Barry White, Ludacris, Akon, Wyclef Jean, Mary J. Blige e Q-Tip.

Estou muito, muito animado, porque é algo em que nunca interferi. Todos deram o melhor de si. Estou orgulhoso dos meus jovens irmãos e irmãs, afirmou Quincy Jones a propósito das novas versões apresentadas a partir dos seus êxitos.

O Que Passou Por Aqui !

Saraiva