terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Doze frascos de Anestésico encontrados no quarto de Michael Jackson

Um médico legista encontrou doze frascos de um poderoso anestésico no quarto de Michael Jackson após a morte do cantor em Junho de 2009, segundo foi revelado em Tribunal.

A investigadora Elissa Fleak tomou a posição num Tribunal na Califórnia na passada sexta-feira, durante uma audição preliminar que vai ditar se o médico Conrad Murray vai ou não a julgamento por homicídio involuntário, depois de Michael Jackson ter morrido após um ataque cardíaco provocado por uma overdose do anestésico Propofol.

Fleak revelou que foram encontrados doze frascos de medicamentos muito poderosos, incluindo dois perto da cama de Jackson. Nove frascos foram encontrados num saco com o nome “produtos de bebé” num armário.

Quando questionada pelo advogado de Conrad Murray sobre a quantidade de líquido que restava dentro dos frascos a investigadora respondeu: “Havia tantos frascos que eu não me lembro quais estavam mais ou menos cheios”.

O advogado de defesa perguntou ainda se o cantor poderia ter administrado a dose letal a si próprio, questionando se os dois frascos encontrados perto da cama do cantor podiam ter sido alcançados por outra pessoa do tamanho de Jackson. O juiz não deixou a investigadora responder.

A audição preliminar começou na passada terça-feira e deverá demorar duas semanas.

O Que Passou Por Aqui !

Saraiva