quarta-feira, 23 de março de 2011

Dermatologista é acusado de viciar Michael Jackson em remédios

Michael Jackson. Foto: Getty Images

O dermatologista de Michael Jackson, Arnold Klein, é acusado de alimentar o vício do cantor por remédios para dor de cabeça. A informação foi divulgada pelo The Independent.

Os advogados de Conrad Murray - médico que é considerado o principal suspeito pelo assassinato de Michael - afirmam que o Dr. Klein prescreveu ao cantor injeções de fortes analgésicos, como Demerol e Midazolam, o que aumentou seu vício.

"Mr. Jackson recebeu injeções de Demerol e Midazolam do Dr. Klein durante vários meses anteriores aos seus últimos dias de vida. Devido às suas ações, Michael se tornou psicológica e fisiologicamente dependente de Demerol", disse um dos advogados. Para tentar livrar Conrad da prisão, eles pretendem utilizar os prontuários do cantor no tribunal.

Ao saber das acusações, o dermatologista se recusou a revelar informações sobre o tratamento que fazia no cantor, pois isso quebraria o termo de confidencialidade entre médico e paciente.

O Que Passou Por Aqui !

Saraiva