quinta-feira, 16 de junho de 2011

Dr. Conrad Murray planeja escrever livro para limpar seu nome

Dr. Conrad Murray, ex-médico pessoal de Michael Jackson – acusado de homicídio culposo depois que ele admitiu à administração de uma dose letal do sedativo Propofol ao cantor – está pronto para limpar seu nome em um livro em que ele vai comprovar as alegações de sua inocência.

Uma fonte do X17.online contou que Murray no livro vai explicar a sua relação com Michael e aprofundar os detalhes por trás do tratamento médico do cantor. Foi dito que haverá mais detalhes sobre o Propofol, sobre a apólice de seguro de Michael com a promotora de concertos AEG e sobre os momentos finais de Michael, durante o qual Murray supostamente deixou de realizar a RCP de forma adequada e, alegadamente, fez uso do telefone antes de chamar o 911 quando o cantor parecia não estar respirando.

Murray está escrevendo o livro não só para limpar seu nome, ele está fazendo para combater um outro livro, que ele diz estar sendo escrito e que visa destruir sua credibilidade e culpá-lo plenamente pela morte de Jackson.

Murray se diz estar imensamente preocupado com seu legado e como a história vai tratá-lo , um outro motivo para que ele escrevesse o livro: “Conrad quer que seu filho veja que seu pai era inocente Ele não quer que seu filho cresça pensando que seu pai era um assassino “, diz a fonte do X17online exclusivamente.

Um tribunal de justiça, no entanto, será encarregado de fazer essa decisão judicial. Um juiz e um júri ouvirá caso de Murray em setembro, agora que o juiz adiou o julgamento. O processo de seleção do júri que já estava em andamento provavelmente cancelado e todos os 171 potenciais jurados rejeitados, assim um novo processo de seleção pode começar em 08 de setembro, com abertura de declarações no tribunal esperadas no dia 20.


O Que Passou Por Aqui !

Saraiva