sábado, 25 de junho de 2011

Ex-agente de Michael Jackson se declara culpada de fraude fiscal

A ex-agente de Michael Jackson, Raymone Bain, se declarou culpada de fraude fiscal esta quarta-feira, em Washington, e corre o risco de ser condenada a mais de um ao de prisão, anunciou o departamento de justiça americano.

O ministério informou, em um comunicado, que Bain havia se tornado a agente pessoal do cantor em 2006 e presidia a sociedade Michael Jackson Company. Devido a esta acusação, tinha a responsabilidade das operações diárias da empresa, entre elas as finanças, as relações públicas e o marketing.

"Apesar de ter uma renda importante, Raymone Bain não declarou sua renda ao Estado federal, nem à cidade de Washington, nem pagou seus impostos em 2006, 2007 e 2008", explicou o Departamento de Justiça.

O volume do prejuízo foi calculado entre 200.000 e 400.000 dólares.

A audiência para estabelecer a pena foi fixada para 31 de agosto.

A ex-agente de Jackson pode ser condenada a até 18 anos de prisão e 105.000 dólares de multa.

O Que Passou Por Aqui !

Saraiva