quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Dermatologista de Michael Jackson é acusado de alimentar vício do cantor

Foto: Divulgação

O site norte-americano "TMZ" informou nesta quinta-feira, que uma ação judicial aberta pelo assistente do médico dermatologista Arnold Klein, que cuidava do cantor Michael Jackson, indica que Klein alimentava o vício do Rei do Pop em remédios.

Jason Pfeiffer diz na ação que "por volta de 2009, Michael era um paciente frequente do médico. Muitas vezes, Klein pediu a Pfeiffer que ajudasse Michael Jackson a ir até o carro pois o cantor estava com muitos medicamentos, desorientado para caminhar sozinho".

O assistente afirma que manifestou sua preocupação com a segurança do cantor, pois as enfermeiras achavam que o Jackson pudesse estar sendo medicado em excesso. E Klein teria dito a ele que "mantivesse sua boca fechada".

Pfeiffer acusa também o médico de prescrever uma receita ilegal para o cantor por volta de outubro de 2008.

Além das acusações sobre Michael, o assistente também diz que o dermatologista o forçava a conseguir parceiros sexuais para encontros com o médico, incluindo prostitutas e mendigos.

Ainda de acordo com o site, a posição do advogado do médico sobre o caso é que a acusação é totalmente infundada e que Klein é um dos mais respeitados dermatologistas dos Estados Unidos.

O Que Passou Por Aqui !

Saraiva