sábado, 8 de outubro de 2011

Legista do caso MJ depõe novamente

Elisa Fleak depôs pela segunda vez nesta sexta-feira, dia 07 / Mario Anzuoni/Pool/AFP

A legista do caso Michael Jackson, Elisa Fleak, foi novamente chamada para depor nesta sexta-feira, dia 07, nono dia de julgamento. O réu é Conrad Murray, médico do cantor que está sendo acusado de homicídio culposo, quando não há a intenção de matar.

Fleak já havia deposto nesta quinta-feira, dia 06, e afirmou que encontrou o medicamento Propofol e outras drogas no chão do quarto de Michael. Ela teve suas declarações muito contestadas pelo advogado de defesa, Dave Walgren.

No segundo depoimento, concedido nesta sexta, a legista foi interrogada apenas pela promotoria. Os advogados de defesa decidiram não falar com ela.

Logo antes de Fleak, o depoimento do toxicologista Daniel Anderson causou apreensão entre os advogados de defesa. Ele foi perguntado sobre questões que fugiam á sua especialidade, o que obrigou o juiz Michael Pastor a fazer objeções.

Por fim, Anderson disse que o sangue de Michael continha substância correspondente a somente 1/43 anos de um comprimido. A dose, extremamente baixa, prejudica a defesa, a qual alega que o próprio Michael ingeriu a substância que culminou em sua morte.

O Que Passou Por Aqui !

Saraiva