quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Médico de Michael estaria sendo tratado 'como se fosse o Hannibal'

Condenado a quatro anos de prisão pelo homicídio culposo - quando não há intenção de matar - de Michael Jackson, Conrad Murray estaria isolado em uma cela e fortemente algemado. As informações foram passadas à agência Associated Press pelo advogado do médico, Charles Peckham. "Como se fosse o Hannibal Lecter (o canibal interpretado pelo ator Anthony Hopkins no filme "Hannibal"), disse Peckham.

Murray está atrás das grades desde novembro. Para a agência, o advogado contou que se encontrou com ele nesta terça-feira, 13, e o encontrou com as mãos e os pés algemados. De acordo com ele, o médico está sendo mantido na Men's Central Jail, em Los Angeles, sob um forte, e injusto, esquema de segurança.

"Tratá-lo como se fosse o Hannibal Lecter é ofensivo... Esse homem, que ajudou a salvar vidas, cometou um erro, e eles vão fazê-lo pagar como se fosse um assassino em série", falou Peckham.

Segundo o porta-voz da prisão, Steve Whitmore, as medidas são necessárias para a própria segurança de Murray, por causa da notoriedade do caso, não pelo crime em si.



Mas é isso que nós fãs queremos, que ele pague o que ele fez.
Ah ele cometeu um erro sim, mas não foi um erro qualquer, ele tirou a vida de uma pessoa. Isso é um erro normal ????

O Que Passou Por Aqui !

Saraiva