quinta-feira, 1 de março de 2012

Ex-cunhado de MJ, companheiro de cela diz que Murray é "gentil"

Conrad Murray foi condenado a quatro anos de prisão. Foto: Getty Images

Conrad Murray, condenado pela morte do cantor Michael Jackson, está dividindo a cela com o ex-cunhado do cantor, James DeBarge, que foi casado com Janet Jackson. Segundo o site TMZ, o companheiro de cela afirmou que o médico é "um homem gentil".

Os dois tiveram uma conversa definitiva nos últimos dias, já que DeBarge culpava Murray pela morte do amigo Michael Jackson. Porém, a mulher do cantor afirmou que eles não brigaram e estão "em paz", pois James DeBarge não considera mais o médico um homem "mau".

Michael Jackson morreu no dia 25 de junho de 2009 devido à intoxicação do anestésico Propofol e outras drogas. Quase dois anos depois, em novembro de 2011, Conrad Murray, médico do astro, foi considerado culpado pela morte do cantor e condenado a quatro anos de prisão.

O Que Passou Por Aqui !

Saraiva