sexta-feira, 2 de março de 2012

Musical sobre Michael Jackson estreia no Brasil, antes de ir para NY

Criado em Londres, Thriller chega na América em 2013. Companhia inglesa já escolheu 16 dançarinos brasileiros. Em breve, os fãs de Michael Jackson vão poder matar a saudade, em musical em homenagem ao Rei do Pop, com músicos e dançarinos brasileiros.



O musical vai estrear aqui, antes da Broadway, em Nova York. Serão duas horas e meia de homenagem a uma estrela que brilhou como poucas no universo da música pop.

Não espere ver uma representação do astro do show. Impossível imitar Michael Jackson. O musical “Thriller” é uma homenagem à obra de Michael Jackson.

Criado em Londres, em cartaz desde 2007, rodou 23 países da Europa, Ásia e Oriente Médio. E desembarca na América no ano que vem, com uma nova versão.

A notícia de que o musical teria companhia própria no Brasil mexeu com o mercado artístico. A produção recebeu 2,8 mil inscrições de bailarinos, cantores e músicos pela internet. Destes, 700 já foram pré-selecionados e testados em uma audição diante dos diretores da companhia inglesa.

Nos dias em que esteve em São Paulo para a escolha do elenco, o diretor artístico postou suas impressões na rede social: “Uma experiência incrível, aqui em São Paulo. Dançarinos fenomenais e pessoas lindas”.

Foram três dias inteiros de passos coreografados, até que os 16 bailarinos fossem reunidos.
“A gente tem uma diferença tão grande em relação ao mundo. É uma garra diferente, é um suingue diferente. Eu acho que vai ter muita diferença do espetáculo de Londres para cá. Porque a gente vive mais. Parece que está no olho a nossa vontade de estar dançando”, afirma a dançarina Fabiana Figueiredo.

Talentos como de Gustavo Della Serra, com 18 anos, que começou a dançar na rua e nunca antes tinha participado de uma audição. “Eu já fiquei muito emocionado por estar passando. Eu falei: ‘nossa! eu tenho potencial’. Eu consegui provar para mim mesmo que eu podia passar em uma audição. Podia estar assim, em um nível mais alto, em termos de dança”, comemora Gustavo.

Os ensaios devem começar no segundo semestre. Até lá, mais seis músicos e quatro cantores terão sido escolhidos. Além de um garoto, que no palco vai lembrar os primeiros passos de Michael.

A estreia está prevista para o início do ano que vem. No Rio e em São Paulo, antes da Broadway, em Nova York.

“Isso mostra o amadurecimento desse mercado no Brasil. O Brasil é um país que cresce muito, é um país que, cada vez mais, o povo tem poder aquisitivo. Obviamente, o interesse desses grandes produtores se volta para o Brasil”, explica o diretor de produção Edson Cabrera Jr.

O Que Passou Por Aqui !

Saraiva