quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Dermatologista de Michael Jackson pode perder licença

Dermatologista de Michael Jackson pode perder licença  - Getty Images

O ex-dermatologista de Michael Jackson, Arnold Klein não deveria ter premissão de praticar a medicina, segundo o Conselho de Medicina da Califórnia, que acaba de solicitar que a licença do médico seja revogada.

O médico se recusou a fazer exames médicos e físicos em uma direta desobediência às determinações do conselho

Arnold, que também era um dos amigos mais chegados de Jackson e aquele que prescrevia grandes quantidades de medicamentos controlados para o cantor, foi ordenado a fazer os exames depois de receber uma queixa anônima alegando atendimento fora do padrão de dois pacientes por Klein.

Os pacientes não foram identificados, por isso não se sabe se um deles era Michael Jackson.

Klein deveria ter feito os exames em 8 de junho, mas ele se recusou exigindo saber quem havia feito a queixo.

Agora o conselho quer impedir Klein de clinicar.

O TMZ conversou com o representante do Dr. Arnold, que declarou:

"Nos queremos cooperar, só queremos saber quais as razões desta investigação. Estamos otimistas que a corte será justa neste caso."

O médico pessoal de Michael Jackson, o Dr. Conrad Murray, cumpre pena na prisão por ter aplicado o anestésico Propofol que acabou matando o pop star. O Dr. Klein era um dos médicos que receitaram o anestésico usado somente em hospitais para Jackson.

O Que Passou Por Aqui !

Saraiva