quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Katherine Jackson alega ter caído numa armadilha


Katherine Jackson, mãe do falecido cantor Michael Jackson, sugeriu ter caído numa armadilha que contribuiu para perder a guarda exclusiva dos netos, que entretanto já lhe foi restituída. 

Segundo o site TMZ, a alegação terá sido feita nos documentos apresentados em tribunal com vista à restituição da guarda dos netos Prince, Paris e Blanket. 

A idosa declarou ter sido convencida por um médico desconhecido a desistir de ir para o Novo México de carro, onde iria assistir a um concerto dos filhos, e fazer a viagem de avião. 

Katherine diz que acatou o conselho, acreditando que o tal profissional trabalhasse em conjunto com o seu médico particular, mas quando desceu do avião, descobriu que estava em Tucson, no Arizona, e foi levada para um luxuoso spa. 

O advogado de Katherine terá revelado que "os filhos levaram-na para um spa, porque ela estava com a tensão alta". 

No spa, Katherine disse que o telemóvel e o iPad lhe foram retirados e que o telefone e a televisão do quarto estavam desligados. 

Ainda de acordo com os documentos divulgados pelo TMZ, a mãe de Micahel Jackson alega que não sabia que tinha sido dada como desaparecida e que os netos estavam muito preocupados, até porque quando perguntou por estes foi informada de que se encontravam bem. 

"Naquele momento, confiei que as pessoas à minha volta estavam a ser honestas comigo", uma declaração que contradiz a entrevista dada à ABC News.

O Que Passou Por Aqui !

Saraiva