quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Médico preso pela morte de Michael Jackson quer lançar livro sobre astro

Conrad Murray foi condenado pela morte involuntária de Michael Jackson. Ele agora quer lançar livro de memórias sobre o seu convívio com o rei do pop. Foto: Getty Images

O médico sentenciado a quatro anos de prisão pela morte de Michael Jackson está planejando escrever um livro de memórias sobre o seu relacionamento com o astro, afirma o site Female First.

Dr. Conrad Murray alega que Michael lhe confiou as suas opiniões mais íntimas sobre a família, as acusações de abuso de menores e o relacionamento com os três filhos. "Murray acredita que o público terá interesse em ler sobre o tempo que ele passou com Michael", declarou uma pessoa próxima.

Para o preso, o lançamento do livro seria uma oportunidade de melhorar a sua imagem pública e reconquistar a licença médica após levar o rei do pop à morte com uma dose letal do anestésico Propofol.

Ademais, também serviria como fonte de renda, pois Conrad não exerce nenhuma atividade remunerada no momento. "Isto tudo é sobre dinheiro para Murray porque ele está totalmente quebrado", garante a fonte.

As editoras americanas, entretanto, não parecem querer colaborar: nenhuma delas mostrou interesse em publicar a obra.



TOMA SEU APROVEITADOR, VAI CONTINUAR NA CADEIA E NINGUÉM VAI QUERER SABER O QUE VOCÊ TEM PRA CONTAR ... SEU TROXA !

O Que Passou Por Aqui !

Saraiva