sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Médico de Michael Jackson pode ser liberado para passar o Natal em casa

Conrad Murray também perdeu a licença médica. Foto: AP

O médico Conrad Murray, condenado a quatro anos de prisão pela morte do cantor Michael Jackson, pode ser liberado para passar o Natal em casa. As informações são do site The Sun.

Recentemente, ele foi transferido para uma cela maior - depois de muitas reclamações. "Espero que ele também possa voltar para casa no Natal", disse Valerie Wass, advogada do médico. "É ridículo alguém como ele ficar preso. Murray não é perigoso e nem violento", completou.

Conrad Murray foi condenado por homicídio involuntário e acusado de negligência no caso da morte de Michael Jackson. Na noite em que o cantor morreu, foi constatado que o médico deu a ele doses exageradas do anestésico Propofol.

Affeee --'

O Que Passou Por Aqui !

Saraiva