quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Ex-assistente de Michael Jackson processa empresa por negligência

Michael Jackson (Foto: Agência/AFP)

Michael Amir Williams, ex-assistente pessoal de Michael Jackson, entrou com uma nova ação judicial contra a AEG Live, alegando que a empresa foi negligente ao contratar o Dr. Conrad Murray para cuidar do cantor, segundo o site "TMZ". Ele quer receber com outros membros da equipe uma indenização pelos prejuízos após a morte do cantor, ocorrida em junho de 2009, já que o médico foi responsabilizado por isso.

"Esta ação é leviana e será barrada por pelo menos quatro diferentes doutrinas jurídicas", acredita um representante da AEG ouvido pela publicação. Além disso, ele nunca foi beneficiário do contrato de Michael com a empresa. "É vergonhoso. Este é apenas o mais recente processo na esperança de lucrar com a morte trágica de Michael Jackson, da mesma forma que lucraram com sua vida", afirma.

E laiaaa, mais um ¬¬'

O Que Passou Por Aqui !

Saraiva