quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Michael Jackson era virgem, diz ex-editor da 'Rolling Stone'

Michael Jackson, durante o halftime show (show do intervalo), do Superbowl de 1993

O jornalista Randall Sullivan acredita que Michael Jackson morreu virgem, aos 50 anos. A informação está no livro Untouchable (Intocável) que ele acaba de lançar nos Estados Unidos. A obra conta a história de vida do astro pop, além de fornecer detalhes sobre sua morte e a disputa de integrantes da família Jackson por sua herança milionária. Os direitos da biografia foram adquiridos pelo selo Paralela da editora Companhia das Letras e o lançamento está previsto para 2013. 

De acordo com trechos do livro publicados pelo jornal The New York Times, Sullivan retrata o músico como uma pessoa solitária e infeliz nos assuntos do coração, para embasar sua teoria de que Michael é inocente das acusações de ter molestado sexualmente um menino de 13 anos. 

Ao NYT, o biógrafo também relata trechos de uma entrevista com Kenny Ortega, diretor da turnê This Is It, que não chegou a acontecer. Na conversa, ele diz que os shows representavam para Michael a possibilidade de recuperar a dignidade artística, além de estabilizar suas finanças.



Ai ai ai começo as historinhas ridiculas

O Que Passou Por Aqui !

Saraiva