domingo, 16 de junho de 2013

Empresário pode ter ocultado estado de saúde do cantor Michael Jackson


No julgamento sobre a morte do cantor Michael Jackson, o advogado de Katherine Jackson, mãe do cantor, irá dificultar a defesa da gravadora AEG Live. Segundo a site "TMZ", o advogado explicou que o diretor da gravadora, Randy Phillips, tinha dificuldade em explicar a real condição de saúde do cantor.

O advogado de Katherine defende que a empresa contribuiu para morte de Michael Jackson em 2009.

Ainda de acordo com o site, o empresário disse que Michael "parecia realmente bem", cinco dias antes de sua morte. Em uma foto tirada durante o encontro mostrava o contrário. Apesar de estar sorrindo, Michael parecia magro e pálido. Durante seu depoimento, Phillips ainda disse: "Eu estava confuso como qualquer outra pessoa".

Além disso, há testemunhos de que o produtor e diretor Kenny Ortega e outros ficaram alarmados sobre a saúde de Jackson. Segundo o "TMZ", nos dias que antecederam a sua morte, Micahel tinha faltado aos ensaios e suava bastante quando aparecia.

O Que Passou Por Aqui !

Saraiva