segunda-feira, 29 de julho de 2013

Conrad Murray quer processar a família Jackson

Conrad Murray disse que não quer mais depor sobre o caso Michael Jackson. Ele pretende soltar o verbo caso seja obrigado a falar novamente

Conrad Murray, o médico acusado de matar Michael Jackson, quer processar a família do cantor segundo informa o site "TMZ", nesta quarta-feira (24). Além da família, ele também pretende entrar com uma ação contra a produtora do cantor, AEG. O doutor pretende fazer um pronunciamento revelador em breve.

Segundo informações do veículo, a revelação que ele pretende fazer nas próximas semanas deve dar um novo rumo ao processo de morte do cantor. Entre as coisas que ele teria para dizer estão como Michel se relacionava com a família. Conrad acompanhou o músico por alguns meses desde que ele começou a ensaiar a turnê "This Is It", que nunca chegou a estrear em Londres.

"Por favor, parem. Este é meu último aviso para ambos os lados. Não me obriguem a depor. Considerem isto como um aviso nuclear. Já chega", disse Murray, durante uma conversa com um amigo por telefone. Ele não quer ser obrigado a depor

Ele foi intimado a depor pela justiça dos Estados Unidos no processo movido por Katherine Jackson, a mãe do cantor e tutora dos três filhos que ele deixou, contra a empresa produtora da turnê que ele iria estrear em Londres, a AEG.

O Que Passou Por Aqui !

Saraiva