segunda-feira, 1 de julho de 2013

Filho de Michael Jackson vai depor em processo sobre morte do cantor

Os três filhos de Michael Jackson, Prince Michael, Paris e Prince Michael 2º, assistiram à estreia do show (Foto: Reuters)

Prince Jackson, filho mais velho do cantor Michael Jackson, deve depor nesta quarta-feira (26) no processo movido por sua família contra a produtora de shows AEG Live, disse um advogado da família.

O depoimento do adolescente, de 16 anos, ocorre quatro anos e um dia depois de Jackson morrer por causa de uma overdose de medicamentos, aos 50 anos. Na época, o chamado "Rei do Pop" se preparava para uma série de shows que seriam realizados pela AEG em Londres.

Executivos da empresa, o cozinheiro de Jackson e o coreógrafo dos shows já depuseram no processo civil, que começou em abril. A família alega que a produtora agiu com negligência ao contratar o médico Conrad Murray para acompanhar o cantor.

Em 2011, Murray já foi condenado por homicídio culposo, já que administrou a dose letal de sedativos a Jackson. Durante o atual processo, testemunhas têm dito que, em seus últimos meses, Jackson estava tão fraco que tinha dificuldades para executar as danças e se lembrar de letras de músicas.

A AEG alega que não contratou Murray nem supervisionava seu trabalho, e que Jackson já tinha problemas de dependência anos antes de ser contratado pela empresa. A produtora argumenta também que não tinha como saber que Murray poderia representar um risco para o cantor. A mãe de Jackson, Katherine, de 83 anos, aparece como autora da ação, junto com os três filhos do cantor -- Prince, Paris e Blanket.

Neste mês, Paris, de 15 anos, foi internada num hospital após uma aparente tentativa de suicídio. O fato levou um juiz de Los Angeles a solicitar uma investigação judicial a respeito da "saúde, educação e bem estar" da jovem. Perry Sanders, advogado de Katherine Jackson, disse que o juiz decidiu não alterar a situação de custódia da menina.

O Que Passou Por Aqui !

Saraiva