quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Liza Minnelli fala sobre a vida amorosa de Michael Jackson


Liza Minnelli deu uma entrevista ao Daily Mail e fez questão de falar sobre o seu amigo, o falecido Michael Jackson.

A lendária cantora começou por falar da acusação de pedofilia de que Michael foi vítima (e anos depois, absolvido):

Ele criou este sítio maravilhoso, Neverland, para as crianças e apoiava imensas famílias. Até que um dia, o pai de uma dessas crianças telefonou para o Michael e disse-lhe 'Senão me deres 30 mil dólares vou dizer a toda a gente que abusaste do meu filho' E foi então que o Michael me ligou.

Liza disse depois que Michael não queria contratar um advogado porque achava a história "louca".

Liza revelou então uma história inédita de uma namorada do Rei da Pop:

Lembro-me que ele andava a sair com uma rapariga e estava tão apaixonado por ela. Veio-me mostrar-me o anel que tinha comprado para ela. Perguntei-lhe o que é que ele ia dizer e ele não sabia. Então disse-lhe 'vamos ensaiar'. Mas a rapariga rejeitou-o. Disse-lhe que não estava preparada para se comprometer. Para ele lhe voltar a perguntar daí a 6 meses. E isso matou-o, ele estava destroçado. Conheci todas as suas namoradas, incluíndo a Lisa Marie [Presley], que viria a casar com ele.

A cantora e atriz acabou por dar a sua opinião sobre aquilo que realmente "matou" Jackson, realçando a ingenuidade do cantor:

No final foi a maldade e a crueldade que o matou. Ele era um dos melhores que o mundo já conheceu. Mudou tudo. Mas só era Rei quando estava em palco. (...) O Michael era um ser humano extremamente dotado, mas não sobreviveu porque nunca ninguém lhe ensinou as regras do jogo.

O Que Passou Por Aqui !

Saraiva